27 de março de 2006

Grauben

Grauben do Monte Lima nasceu em 1889, mas começou a pintar somente aos 70 anos, quando passou a morar no Rio de Janeiro, após se aposentar do serviço público.
Ivan Serpa foi seu primeiro professor e incentivador, ensinando-lhe técnica de pintura em curso no Museu de Arte Moderna – MAM do Rio de Janeiro.


Ivan Serpa me apresentou a essa talentosa artista e logo fiquei muito impressionado com a beleza de sua obra.
Em sua temática da natureza fantástica os contornos não eram demarcados, mas indicados por séries de pontos coloridos.

Embora fosse uma pintora de aparente natureza ingênua (naif), havia algo muito especial naquele universo de cores cintilantes e mágicas.



Fiz 3 exposições individuais de Grauben na Galeria Relevo (1962, 1964 e 1965), todas com enorme e merecido sucesso de público, crítica e de vendas.


Essa artista brilhante faleceu em 1972.

É citada nos mais importantes dicionários de arte do País, destacando-se o “Dicionário das Artes Plásticas no Brasil”, de Roberto Pontual, e, em nível internacional, na obra “Peintres Naifs”, de Anatole Jakovsky.


48 comentários:

Palpiteira disse...

São lindos, mas este primeiro está mais. :)
Beijo, Jonas.

jonasmarchand.aarte disse...

Ola Palpi, gostou?, que bom! Volte sempre. Beijos do amigo Jonas.

Vera Fróes disse...

Jonas que bom que voltou a postar! E voltou com tudo, hein? Simplesmente amei os trabalhos da Grauben. São lindos!!!
Bjos.

Jonas Prochownik disse...

Vera, voltamos com força total, espero! Grauben era uma pessoa muito querida. Beijos do Jonas.

Lu OlhosdeMar disse...

bati os olhos e pensei "arte naive"...errei, vc usou o alemão: naïf.... tá certo. Mas o bom é que a palavra significa inocência, e é o que o artista passa em suas obras. Muito legal este post... meu marido está aí em Copa esta semana, a trabalho. confesso que fiquei tentada a ir com ele só pra passar uma tarde com vc e o Jôkinha , na galeria...atormentando vcs 2... a gente chega lá. nao foi dessa vez... beijossssssssssss

Maria Helena disse...

Que quadros maravilhosos.Esse blog é sempre uma aula de cultura, arte e sensibilidade. Obrigada, Jonas.

Sraake disse...

Jonas, de todos os artistas que tenho acompanhado até agora aqui no teu blog, essa realmente me encantou! Que lindo! Tudo isso são pontinhos coloridos? Gente que genial!!!

Janaina Staciarini disse...

Poxa, muito legal!! Essa biografia mostra que nunca é tarde para começar. Eu sou LOUCA por borboletas!!! Amei as pinturas...

Anônimo disse...

Gosto muito dessa arte infantil,multicolorida,inocente.
Parabéns Jonas por me dar o prazer de saber mais sobre esses artistas.
Linda semana
beijosssssssssssss
Márcia(clarinha)

Jonas Prochownik disse...

Clarinha, grato pela visita. Uma otima semana pra vc. tambem. Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Janaina, a Grauben começou com mais de 70 anos e fez esses quadros lindos! Realmente vc. tem razao, nunca e tarde demais!! Bjs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Sraake, eu tambem gosto muito dos quadros da Grauben. E pensar que ela tinha mais de 70 anos quando começou a pintar! bjs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Maria helena, obrigado a vc. Que bom que continua nos visitando. Otima semana pra vc. do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Luciana, que pena que vcs. nao vieram aqui. Segunda e quinta Jôca esta aqui. Boa semana pra vc. Bjs. do Jonas.

Zana disse...

Jonas, seu blog é lindo!!
Adorei conhecer, adorei saber mais sobre esses artistas. Que sorte e privilégio o seu de ter conhecido Burle Marx, ter participado de suas festas. Eu não sabia que ele cantava. Realmente, um grande e verdadeiro artista!
um beijo pra vc!
Zana

Jonas Prochownik disse...

Zana, obrigado pela visita. Espero que volte sempre. Boa semana pra vc. Abrs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

P.S. Zana, como tenho Galeria a mais de 40 anos tive o previlegio de conheçer quase todos os nossos artistas, nesse periodo. Bjs. do Jonas.

Dani disse...

Que beleza, Jonas!

Os pontos coloridos parecem contas aplicadas num tecido, ou um cuidadoso bordado! Impressionante...

Também fiquei surpresa pelo fato dela ter começado a pintar aos 70 anos. Isso prova que é sempre possível fazer o que se gosta e começar uma nova etapa em qualquer fase da vida. Realmente maravilhoso.

Um grande abraço! :-D

Luci disse...

Jonas!
nunca pintei, embora sempre me aventure em outras artes...rs! agora estou no mosaico e justamente um pavão!
e começar aos 70?! que coisa linda!
adorei!
bjs!

Angela Ursa disse...

Olá, Jonas! São lindos esses quadros do Grauben, com temas de natureza. Adorei! Os pontos coloridos dão um efeito de profundidade e uma luz incríveis! Beijos da Ursa :))

Saramar disse...

Jonas, querido, boa noite.

Mas, que luminosidade maravilhosa!

Adoro artes populares (bem, só no nome,não?)como cordéis, naifs e xilogravuras.

Lindíssimas telas.

Obrigada pela centésima vez.

Beijos

Saramar disse...

Jonas, querido, boa noite.

Mas, que luminosidade maravilhosa!

Adoro artes populares (bem, só no nome,não?)como cordéis, naifs e xilogravuras.

Lindíssimas telas.

Obrigada pela centésima vez.

Beijos

Carol disse...

Nunca fui muito amiga de arte naif, mas adorei esses que você mostrou.
Bjo!

Jonas Prochownik disse...

Dani, ja podemos dizer que a vida começa aos 70 ! Beijos do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Luci, que coincidencia vc estar fazendo um pavão em mosaico. Boa semana e bjs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Angela, a Grauben era uma velinha incrivelmente doce e agradavel. Tive inumeras conversas com ela. Bjs. do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Saramar, que bom que vc. gostou. Uma otima semana pra vc. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Carol, obrigado pela visita. Espero que volte sempre. Abrs. do Jonas.

Carol disse...

Jonas, com certeza voltarei, para ver essas coisas lindas que você nos mostra. E me visite sempre que tiver um tempinho também!
Bjo!

Sraake disse...

Não paro de olhar para esses desenhos. são lindos!!! Vou passar na tua galeria (virtualmente). Me interessei bastante por esses desenhos!!!!!!!!!

Jonas Prochownik disse...

Sraake, estamos te esperando (virtualmente). Beijos do Jonas.

Rosangela disse...

J. São realmente lindíssimos os quadros de Graub, eu não conhecia essa artista.

Beijos, Rô

Cássia disse...

Jonas, quanta vida nessas pinturas!
Fiquei encantada.
Obrigada por nos mostrar a beleza das artes modernas! :)
Abração capixaba pra um carioca que além de amar a arte, vive com ela. :)

Cássia - de novo! disse...

Jonas, fiquei encantada particularmente com o seu quadro do jovem com o sagrado coração, sobrepairando nas estrelas, no firmamento, com o boné de marinheiro. Humano e lúdico! Lindo! Parabéns!
:)

Jonas Prochownik disse...

Cassia, obrigado pelo elogio, mas o quadro do Sagrado Coração e pintado pelo Jôca, meu filho. Beijos de um pai orgulhoso! Bom fim de semana pra vc.

Jonas Prochownik disse...

Rosangela, grato pela visita. Grauben, apesar de idosa era uma pessoa muito feliz, como demonstrava na sua pintura. Abrs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Rosangela, vou olhar o teu site, pra ver se vc ja colocou outro blog. Beijos Jonas.

Ana Maria disse...

Nossa! Começar a exercer uma profissão aos 70 anos de idade é incrível!
Não conhecia o artista. Vou procurar saber mais dele no Google. :-)

Jonas Prochownik disse...

Ana Maria, a Grauben era uma velhinha super alegre e animada. Batemos papos incriveis. Bom fim de semana do Jonas.

Rosangela disse...

Jonas querido, como lhe disse está faltando inspiração para continuar com o meu blog..rsrs

Beijos, Rô

Susi ^Â^ disse...

Bom dia Jonas, vê-se logo que a sensibilidade não tem idade. O que falta é a oportunidade. Que bom esse espaço que você criou, podemos nos deliciar vendo e aprendendo coisas maravilhosas nesse tipo de artes. Sucesso!!!

Jonas Prochownik disse...

Susi, obrigado pelo interesse e pelo elogio. Vc. e muito gentil. Bjs. do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Rô, porque vc. não se inspira no amor em forma de poesia, que vc escreve tao bem? E apenas uma ideia. Beijos do Jonas.

Ana Maria disse...

Ih, Jonas. Acho que preciso urgentemente de óculos novos. Li pintor ao invés de pintora, acredita? Mas o nome Grauben também não ajuda muito a identificar o sexo da pessoa, né? :-))

Jonas Prochownik disse...

Ana Maria, vc. tem toda razão, Grauben nem pareçe nome de mulher! Beijos e bom fim de Semana. Jonas.

Anônimo disse...

Tenho um quadro de Grauben, herança de família, ele é lindíssimo. Alguém sabe em quanto os quadros estão avaliados (aproximadamente)

Patricia disse...

Ela era minha tia, muito querida, doce mesmo. Temos alguns quadros da tia Grauben, todos muito apreciados

Roberto José Echeverría Pojaghi disse...

Bom dia Jonas: Conheci Graubem em 1965 e, como todos, me encantei com ela e sua pintura juvenil.
Detalhe: contou me que começou a pintar numa noite de insonia, com um estojo de pinturinhas que a neta lhe dera de presente. Que tal?
Hoje eu também pinto. Abraços
Roberto Echeverría Pojaghi