6 de junho de 2006

CHAPLIN

Muito raramente a palavra "gênio" pode ser empregada com tanta propriedade quanto ao nos referirmos a Charles Chaplin.
Chaplin nasceu em Londres no ano de 1889.
Nasceu com o cinema, e foi justamente para o cinema que Chaplin criou o personagem Carlitos, um vagabundo oprimido e engraçado, que denunciava as injustiças sociais em um mundo repleto de desigualdades.

De forma inteligente, este grande artista sabia como fazer rir e também chorar.


Adepto ao cinema mudo, o ator e também cineasta, era contra o surgimento do cinema sonoro, mas como grande artista que era, logo se adaptou e voltou a produzir verdadeiras obras primas: O Grande Ditador, Tempos Modernos e Luzes da Ribalta.


Na década de 30 seus filmes foram proibidos na Alemanha nazista, pois foram considerados subversivos e contrários a moral e aos bons costumes.
Na verdade, representavam uma crítica ao sistema capitalista, à repressão, à ditadura e ao sistema autoritário que vigorava na Alemanha no período.

Em 1965, publicou sua autobiografia , Minha Vida.

Acumulou muito dinheiro em sua vida de fama.
Fortuna vai, fortuna vem, como muitos outros artistas, Chaplin nunca soube administrar seus bens e por três vezes esteve à beira da falência, mas sempre deu a volta por cima.


A Rainha Elizabeth II tornou-o Sir em 1975.
Sir Charles Chaplin morreu dormindo, em sua casa em Corsier-vur-Vevey, na Suíça.

Morreu feliz, numa manhã de Natal, aos 88 anos, ao lado da família e de sua última esposa, a qual conviveu por mais anos e mais amou.



Uma imagem vale mais do que mil palavras.

Se você quer dar crédito a quem merece e a quem criou essa idéia... agradeça a Chaplin.

Photobucket - Video and Image Hosting

44 comentários:

Palpiteira disse...

Muito bacana. E vc encerrou com chave de ouro. Concordo com ele, vale mesmo! :)
Beijos e muita luz.

Jonas Prochownik disse...

Palpi, vc sempre me dando alegria, me visitando. Beijos e tudo de bom, Jonas.

Sraake disse...

Já assisti alguns filmes dele. Se pararmos para analizar a frase, vamos muito além!!!
Você sempre nos emocionando com a arte!

GENÁ FRANCO disse...

Belo post Jonas ! Chaplin é d+. Sua autobiografia é um dos livros que meu finado pai deixou para mim e que quero muito ler.
Seu blog é tão lindo.
Beijos !

Vera Fróes disse...

Jonas, vc está corretíssimo Chaplin foi um gênio. Morreu feliz porque fez durante a sua vida o que mais gostava, cinema.
E ninguém mais do que ele pode usar a frase; "uma imagem vale mais que mil palavras" pois sempre nos brindou com imagens tocantes na singeleza ou na denúncia das injustiças sociais.

Bjos.

Jonas Prochownik disse...

Sraake, obrigado pela visita. Espero que tenha uma otima semana. Bjs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Vera, Chaplin realmente foi unico. Teve uma velhice tranquila, ao lado da mulher amada e dos filhos. Seus filmes sempre serão vistos e revistos. Bjs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Eugenia, os genios são imortais. Chaplin foi o fundador da cinematrografia moderna. Obrigado pela visita. Beijos e otima semana pra vc., Jonas.

quel disse...

Oi Jonas! Muito obrigada! Sumida, mas logo volto... agora é hora de cuidar da cria :)
Chaplin.... encantador ele... eu adoro, gênio, gênio... realmente não há outro nome para ele!
Um beijo e depois volto para ler o que perdi..

Jonas Prochownik disse...

Quel, a cria em primeiro lugar!! Espero que volte logo, bjs. do Jonas.

Lu OlhosdeMar disse...

amo chaplin. um genio, com certeza. O grende ditador entao.... tremendo!beijosssssssss

Lu OlhosdeMar disse...

amo chaplin. um genio, com certeza. O grende ditador entao.... tremendo!beijosssssssss

Márcia(clarinha) disse...

Jonas querido,
desculpa minha ausência,ando com a cabeça nas nuvens,rssss
Chaplin é o símbolo de genialidade,único.
Lindo dia meu amigo,
beijosssssssssssss

Jonas Prochownik disse...

Luciana, concordo com vc. Chaplin sempre foi genial. Beijos do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Clarinha, que bom que vc. voltou. Um beijo enorme do teu amigo Jonas.

Leleco disse...

Jonas,

Chaplin era um gênio mesmo. Só em pensar que naquela época não existia nenhuma tecnologia, já demonstra o quanto ele foi gênio. Hoje em dia, a tecnologia compensa a falta de criatividade e a falta de talento.

Gênio da criação, construção e de interpretação.

Belo post e belas fotos.

Um abraço,
Leleco

Jonas Prochownik disse...

Leleco, obrigado pelas precisas e corretas observaçoes. Conto sempre com vc. aqui. Um forte abraço do teu amigo Jonas.

Pipoca disse...

Jonas, meu bom! obrigada pelos commets e obrigada principalmente pelos belos posts que você escreve. Sempre lindo este teu blog.
um beijo carinhoso

leslie disse...

olá sr. jonas!
obrigada por sua simpática visita ao meu fotoblog! sua visita será sempre bem vinda!
adorei o texto sobre chaplin, adoro chaplin, humor inteligente que nem necessitava de palavras...
bjs!

Jonas Prochownik disse...

Leslie, que bom que vc. gostou, espero que volte sempre. Um abraço do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Vendetta, bom que vc. veio e obrigado pelos elogios. Uma boa semana e bjs. do amigo Jonas.

Matilda Penna disse...

Não há como falar em cinema e não falar em Charles Chaplin, seus filmes são eternos e clássicos, nunca uma imagem valeu mais do que mil palavras falando dele.
Beijos, :).

Jonas Prochownik disse...

Matilda, que bom que vc. veio. Realmente Chaplin foi unico! Beijos e otima semana pra vc. Jonas.

Angela Ursa disse...

Jonas, os filmes do Chaplin me emocionam sempre! Ele marcou profundamente a vida de muitas pessoas. Adorei o tópico! Beijos da Ursa :))

eduardo disse...

realmente ele contribuiu muito pra o cinema e até hoje serve como inspiraração para muitos artistas.

http://dudu.oliva.blog.uol.com.br

Jonas Prochownik disse...

Angela, obrigado e um beijo doteu amigo Jonas. Otimo fim de semana pra vc.

Jonas Prochownik disse...

Eduardo, tudo de bom e um abraço do amigo Jonas. Bom fim de semana.

Tom, um ser diferente... disse...

Estamos falando do mesmo sujeito hoje... Que deliciosa coincidência!
Amo Chaplin.
Posso copiar essa foto da flor e colar no meu blog??? Deixa vai... hehehehhe
Abração, amigo!
Tom

Janaina Staciarini disse...

Que post mais gostoso de ler, Jonas...
Beijão!

Anônimo disse...

Tom, fui conferir no teu blog. Pode colar, sem problema. Bom fim de semana e um abraço do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Tom, o anonimo sou eu. Abraços.

Janaina Staciarini disse...

Oi, Jonas... que post mais gostoso de se ler... sou super fã do Chaplin.
Beijão!

Jonas Prochownik disse...

Janaina, obrigado, vc. e muito gentil. Beijos e bom fim de semana pra vc.

Anônimo disse...

Oi Jonas querido,

Que post maravilhoso sobre Chaplin, adorei !!Como você disse ele foi considerado mesmo um gênio.
O que ele dizia, fazia, era interessante dentre tudo que lemos por você aqui colocado . Acho de tamanha sabedoria o que ele disse :" que a coisa mais injusta sobre a vida é como ela termina.O ciclo dela deveria ser de trás para frente. Morrer primeiro para ficar livre logo disso. Viver no asilo e ser chutado de lá por estar muito novo. Ir para a escola, namorar e ....virar bebezinho de colo, voltar para o útero, flutuar e terminar tudo com um ótimo orgasmo !!!"
Não é mesmo um gênio???
É só você ,mesmo para nos trazer no tempo e nos fazer relembrar tanta coisa interessante da nossa História.
Beijokassssssssssssssss

JU

Jonas Prochownik disse...

Ju, obrigado pela visita e simpaticas colocaçoes. Um otimo fim de semana pra vc. Bjs. do Jonas.

Lia Noronha disse...

Jonas; sempre me encantei por Chaplin e sua encantadoras frases marcantes...um verdadeiro profeta!
Imagens lindas...roubei uma delas pra minha comemoração do dia dos namorados no meu Cotidiano,ok?
Beijo grande neste fim de semana pra vc.

Jonas Prochownik disse...

Lia, que bom que vc. gostou. Feliz dia dos namorados. Beijos do Jonas.

Ivo Korytowski disse...

Chaplin é gênio. As memórias dele são emocionantes (embora a tradução brasileira seja ruim - palavras de um tradutor!) O filme sobre a vida dele, Chaplin, embora maravilhoso e comovente, não foi indicado para um Oscar sequer. Aliás, os filmes de Chaplin tampouco eram indicados para o Oscar - ele só ganhou um Oscar especial pelo conjunto da obra. Ele teve que deixar os Estados Unidos já velho porque sofreu perseguição política - sinal de que a maior das democracias também falha. Viva Chaplin! (Eu quando criança ainda curtia as comédias do cinema mudo, mas a geração de hoje...)

Jonas Prochownik disse...

Ivo, muito grato pela tua visita. Eu tambem ainda gosto de rever os filmes de Chaplin. Um abraço e otimo fim de semana, Jonas.

Pé de Salsa disse...

Não conhecia a sua Arte Moderna e estou a gostar muito.

Vou voltar novamente.

Parabéns!

Jonas Prochownik disse...

Pe de salsa, obrigado pela visita. Espero que volte sempre. Bom fim de semana pra vc. Jonas.

Dani disse...

Jonas,
o trabalho e a inteligência de Chaplin são imortais. Vi todos os filmes dele quando ainda era criança e, a cada vez que os revejo, é o mesmo encantamento, a mesma fascinação.

Um grande abraço! :-)

Jonas Prochownik disse...

Dani, ver e rever os filmes de Chaplin sempre sera um grande barato. Beijos, otimo domingo e boa semana pra vc. do Jonas.

Tom, um ser diferente... disse...

Jonas... dá uma passada no meu blog e vê a surpresa que recebi hoje.
Abração,
Tom