10 de janeiro de 2007

VOLPI

Volpi nasceu em Lucca, na Itália, em 1896.
Mesmo tendo nascido na Itália, de onde foi trazido com menos de dois anos, Volpi é um dos mais importantes artistas brasileiros deste século.
Foi um pintor que inventou sozinho sua própria linguagem.
Isso é muito raro na arte produzida em países do terceiro mundo, cuja cultura sempre deve algo a modelos internacionais.

Filho de imigrantes, chegou ao Brasil com pouco mais de um ano de idade.

Foi decorador de paredes. Aos 16 anos pintava frisos, florões e painéis.

Sempre valorizou o trabalho artesanal, construindo suas próprias telas, pincéis. As tintas eram feitas com pigmentos naturais, usando a técnica de têmpera.


Foi um auto didata.
Sua evolução foi natural, tendo chegado à abstração por caminhos próprios, trabalhando e dedicando-se a essa descoberta.

Nunca acreditou em inspiração.

Na década de 40, abandonou a perspectiva tradicional, simplificou e geometrizou as formas. Mais tarde, chegou à abstração.
Seus gestos ficaram mais livres, dinâmicos e expressivos. A cor, mais vibrante.

Nos anos 50, as bandeirinhas das festas juninas, de Mogi das Cruzes, integraram-se às suas fachadas.
A partir da década de 60, todos os temas são deixados de lado e as bandeirinhas passaram a ser signos, formas geométricas compondo ritmos coloridos e iluminados.

Morreu aos 92 anos, em 1988, em São Paulo.

Volpi nunca se naturalizou, mas seu coração era brasileiro.

53 comentários:

Matilda Penna disse...

Eu acho essas bandeiras uma belezura, são alegres, parecem brotar na tela espontaneamente, algo assim: 'oi, estou aqui, me pinta!' E Volpi ouviu e pintou...
Abraços, :).

Tina disse...

Adoro seus posts Jonas: cultura pura. Delícia de ler / ver. Obrigada.

beijos querido e boa semana.

Jonas Prochownik disse...

Tina, obrigado por me visitar. Bjs. e otima semana pra vc. do Jonas.

Lila disse...

Oi Jonas! ele adorava essas bandeirinhas,né? pra mim são marca registrada dele...
beijo

Jonas Prochownik disse...

Lila, e verdade, ele amava pintar as bandeirinhas. Bjs. do teu amigo Jonas.

Marcus disse...

Interessante! As bandeiras viraram tipo uma assinatura dele! Gostei do estilo!

eduardo disse...

Que bom, mais uma aula sobre um artista!!! Obrigado!!!!

Ivo Korytowski disse...

Lindo demais!

Jonas Prochownik disse...

Eduardo, que bom que vc. gostou. Um bom ano com abrs. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Ivo, e muito bom receber vc. aqui no ano novo. Um forte abraço do teu amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Marcus, bom receber vc. aqui no ano novo. Tudo de bom pra vc. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Matilda, adorei o teu comentario. Um beijo do teu amigo Jonas.

Vera Fróes disse...

Jonas, amo o Volpi. Como não tenho grana para comprar um quadro dele, me contento com os copos de requeijão que vieram com a arte dele, que comprei. Tenho meia dúzia, mas trato igual aos meus cristais.

Bjos.

Vendetta disse...

Jonas, conheci um senhor em 2003 que possuia 2 quadros do Volpi. Segundo esse mesmo senhor, Volpi era um de seus amigos na juventude e teria pintado os dois referidos quadros especialmente para ele. Eu vi as telas, mas não sou especialista, não sei dizer se é verdade ou mentira. Esse "tio" ainda as possui e supostamente valem mais que seu apartamento na rua Caio Prado. Perguntei se ele venderia os quadros; com os olhos cheios de água ele respondeu docemente por baixo dos bigodes: "Nunca minha querida. Nesses quadros eu veja uma parte da minha vida, e não só a obra do autor."
Lindo, mesmo que não seja verdade.

Um beijo beijo

Jonas Prochownik disse...

Vera, tem uma casa de leiloes em Laranjeiras, chamada GIOCONDA, que vende em leilao serigrafias do Volpi, em torno de 200 Reais, assinadas. Um beijo e tudo de bom do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Vendetta, adorei a historia do senhor com os Volpi. Realmente devem valer muitissimo. Um otimo ano com beijos do teu amigo Jonas.

Vendetta disse...

Ai, Jona, jura que não vim te beijar no ano novo?????
Que gafe!

Mil perdões e um 2007 beijos em vc!
(gosto muito do teu blog, viu?)

mais beijinhos

Vendetta disse...

Ai, Jona, jura que não vim te beijar no ano novo?????
Que gafe!

Mil perdões e um 2007 beijos em vc!
(gosto muito do teu blog, viu?)

mais beijinhos

Vendetta disse...

Ai, Jona, jura que não vim te beijar no ano novo?????
Que gafe!

Mil perdões e um 2007 beijos em vc!
(gosto muito do teu blog, viu?)

mais beijinhos

Jonas Prochownik disse...

Vendetta, adorei o beijo! Muuuuiiitos pra vc. Tambem gosto muito do teu blog. Jonas.

Lizzie disse...

Volpi sempre teve aos meus olhos, um jeitinho de colocar na tela as expressões infantis. Se formos notas, as cores, as formas, os traços são bem delineados, de um jeitinho que nos dá a impressão de nostalgia, de voltarmos a uma época que sentimos saudades...
Beijão

Naeno disse...

Eu quero te parabenizar pela teu despreendimento quando de preocupas com a cultura, e nos presenteia com essas obras fantásticas, que o mundo nunca esquece.
Dignificante e lindo o teu gesto.

Um abraço, muito obrigado.

Naeno

Jonas Prochownik disse...

Lizzie,, gostei muito da tua definiçao. Bjs. do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Naeno, obrigado pelos elogios. Um forte abraço do amigo Jonas.

Mônica Montone disse...

Ele não acreditava em inspiração? E dizia o que a respeito? rs*

beijos, dear

MM

ps: lindas as telas que postou ;o)

Jonas Prochownik disse...

M.M, que bom que vc. veio aqui me visitar. Obrigado e otimo fim de semana do Jonas.

Angela Ursa disse...

Jonas, os quadros dele são muito vivos, alegres!! Beijos da amiga Ursa :))

Jonas Prochownik disse...

Angela, que bom que vc veio me visitar. Um otimo fim de semana com beijos pra vc. do Jonas.

Sraake disse...

Como sempre belos posts!
Abraços querido!

Anônimo disse...

Como sempre, voce nos trazendo artistas maravilhosos. Notei que voce gosta das cores fortes, ne? Eu tambem.

Jonas Prochownik disse...

Sraake, que bom reçeber vc. aqui. Bjs. do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Laura, obrigado e desejo uma otima semana pra vc. Beijos do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Sraake, nao consegui abrir o teu blog. Bjs. do Jonas.

Janaina de Almeida disse...

Boa noite Sr.Jonas,
pelo pouco que cacabei de conhecer sobre Volpi, gostei de sua expontaneidade, das suas cores, e uma coisa que notei:ele deveria ter alma de criança, como todos nós deveríamos ter.
Acho que isso influenciou no modo de uasr as cores, nõa sei se estou correta.
Um abraço,
Janaina de almeida, Vila Isabel.

Lizzie disse...

Voltei para deixar um grande abraço!

Jonas Prochownik disse...

Janaina, tem toda razao, ele era uma criança grande. Uma otima semana pra vc. deseja teu amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Lizzie, uma otima semana pra vc. do amigo Jonas.

Mônica Montone disse...

Jonas, querido, estou passando para deixar uma beijoca e desejar desde já um bom fim de semana ;o)

MM

Jonas Prochownik disse...

MM, vc. sempre gentil! Beijos do teu fan e amigo Jonas.

edineysantana disse...

Olá não conhecia o Volpi e gostei das informações e do seu trabalho
htt://edineysantana.zip.net

Jonas Prochownik disse...

Ediney, obrigado pela visita. Espero que volte sempre. Abrs. do Jonas.

Sraake disse...

Liebe Grüße aus der Ferne!!!!!

Jonas Prochownik disse...

Sraake, ich hoffe das iss euch gut geht. Alles gutes von deinen freund von Brasilien. Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Mudei para o GoogleBlogger e estou testando o sistema de comentários.

Jôka P. disse...

Também estou testando.

Môka P. disse...

Eu também quero testar !
Boop oop pi doop !!!

Jonas Prochownik disse...

joca p, obrigado pela visita. Bjs. Pai.

bruno disse...

vendo um volpi..fachada..brunocorall@hotmail.com

Anônimo disse...

compro telas do Volpi favor entrar em contato pelo email alex9990@hotmail.com

emanuelle disse...

esse site pode melhorar!!!ta ruim

mais curtidas facebook disse...

adorei o blog eo post !

likes instagram disse...


Muito bom o post amei !

likes instagram disse...


Cara belo post bem interessante !!