1 de outubro de 2006

Os ovos de Fabergé

Fabergé era a mais importante joalheria existente na Rússia ao final do século XIX e início do século XX.
Era a essa joalheria, que levava o nome do seu dono e principal artista, que os czares russos encomendavam a confecção de ovos de páscoa para serem presenteados por ocasião da festa.
Eram jóias muito sofisticadas e de enorme valor, feitas em ouro, diamantes e pedras preciosas, aludindo aos tradicionais ovos de páscoa.

A tradição dos ovos de Fabergé começou em 1885, quando Aleksander III, imperador da Rússia, procurou o mais famoso joalheiro da corte, Peter Carl Fabergé, e encomendou um ovo de páscoa para dar de presente a imperatriz Marie Feodorovna.

No ano seguinte fez a mesma coisa e assim continuou fazendo até sua morte.

São peças valiosíssimas e feitas com grande capricho, procurando superar-se a cada ano.

Cada jóia levava o ano inteiro sendo preparada, desde o desenho original, o corte, a lapidação das pedras e todos os detalhes, envolvendo diversos artistas, sempre com a supervisão e aprovação final de Fabergé.

O último dos ovos foi feito em 1917, data da revolução russa.

Não se conhece o paradeiro de todos os ovos de Fabergé e possivelmente alguns ainda poderão ser descobertos, escondidos por algum familiar da antiga corte imperial ou de revolucionários do novo regime russo.

Atualmente são jóias raríssimas, que atingem mais de US$ 5.000.000,00 quando eventualmente vão a algum leilão de arte.


52 comentários:

Ivo Korytowski disse...

Isso é que é ovo de Páscoa pra valer! Maravilha!

Kristal disse...

Jonas, sem um ovo de Fabergé a minha vida não faz o menor sentido.

Jonas Prochownik disse...

Ivo, tambem e o meu sonho de consumo! Um abraco e bom fim de semana do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Kristal, como vc. deve ser muito chic, acho que um ovo de Faberge deve ser a tua cara. Bjs. do teu admirador Jonas.

Marcus disse...

Nossa, não conhecia essa história! Obrigado por mais essa aula, Jonas!

Jonas Prochownik disse...

Marcus, vc. e sempre bemvindo no meu blog. Abrs. e bom fim de semana pra vc. do Jonas.

Palpiteira disse...

Lindos! É um prazer vir aqui.
Beijos.

Jonas Prochownik disse...

Palpi, que bom que vc. veio. Otimo fimde pra vc. do Jonas.

Carol disse...

Jonas, imagina que luxo receber um presentão desses do marido? Um por ano! Não sei é melhor o presente ou o marido. ;-)
Tenha um excelente e luminoso final de semana.
Bjo!

Jonas Prochownik disse...

Carol, pra vc. deve ser o marido. Eu nao me importaria se uma deusa me desse um desses ovos de presente. Bjs. e tudo de bom pra vc. do amigo Jonas.

eduardo disse...

Pe chiquérrimo realmente...

Vera Fróes disse...

Jonas que ovos mais lindos! Quem não gostaria de ganhar um? Tomara que outros apareçam. Fabergé era fantástico.

Bjos.

Milady disse...

Realmente são jóias fabricadas com um imenso cuidado e delicadeza... Um desses bem que poderia vir parar por acaso na minha mão... hehehe eu definitivamente não reclamaria... :lol:

beijão

Jonas Prochownik disse...

Milady, bom gosto o teu, eu tambem nao reclamaria se eu ganhasse um! Beijos e bom voto pra vc. do amigo Jonas,

Jonas Prochownik disse...

Eduardo, obrigado pela visita. Um abraco do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Vera, que bom receber tua visita. Bjs. e vote bem. Otima semana pra vc. do Jonas.

Laura disse...

Lindíssimos! Nossa, já pensou ganhar presentes assim do marido? Quem pode, pode. Adorei aquele deitado, que parece uma caixinha de jóias.

Jonas Prochownik disse...

Laura, realmente sao o maximo do luxo! Otima semana pra vc. do teu amigo Jonas,

Cássia disse...

Cada foto! Cada peça!
*suspiros*
Jonas, ainda que colecionadores possam usufruir dessas preciosidades, acho mesmo que deviam estar todas em museus, expostas, com todo sua glória e esplendor.
Interessante as preciosidades inseridas nos ovos!
Abraços, querido pai do querido JÔka!
Smaaaaaaaccck

Jonas Prochownik disse...

Cassia, o pai do Jôca agradece os elogios. Ainda bem que a grande maioria dos ovos de Fabergé estao em museus. Beijos e otima semana pra vc. do Jonas.

Marcia Paraizo disse...

Nossa, são maravilhosos! As fotos estão lindas, tem uma nitidez...
Eu sabia que o que eram e com que finalidade começaram a existir, mas não sabia que alguns abriam...o 1º com uma "cidade" dentro é fantástico!
Parabéns, querido, você está sempre se superando...

Bjs

Liliane de Paula disse...

Jonas, belos, belos, esses ovos. E de uma riqueza de detalhes encantadora.
Nunca mais lhe escrevi, mas não deixei de lhe ler. Sempre aprendo sobre arte.
O meu comentário sobre a besteira que o idiota disse com a queda do avião e que acho de um egoismo sem tamanho. Imagina quem tem parentes entre as vítimas ouvir uma coisa daquela.
Liliane de Paula

Jonas Prochownik disse...

Marcia, que bom que vc. gostou. Uma otima semana pra vc. com beijos do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Liliane, idiotice nao tem cura, tambem acho. Que bom que vc. veio. Boa semana com um beijo do teu amigo Jonas.

Ana Maria disse...

Nossa, que lindos! Os russos são (ou eram) imbatíveis na arte de gastar dinheiro. Outro dia vi a foto da sede do governo deles e vc precisa ver o palácio! Muito, mas muito luxuoso.

Jôka P. disse...

Ana Maria, os russos SAO e continuam imbativeis gastadores! Bjs. e otima semana pra vc. do Jonas.

J.Marchand disse...

O comentario do meu filho JocaP, saiu por engano.

Lu OlhosdeMar disse...

menino, ano passado eu fui a SP bem na época da exposição de ovos Farberger lá na FAP. Ah... me acabei. Além dos voso ( cuja beleza é indescritível... um brilho e perfeição inesquecíveis) havia exposição de trajes russos, e aprendi muita coisa sobre a história daquele país tão lindo e sofrido. Moral da história: meu sonho de consumo é uma viagem a São petersburgo.... me deixa sonhar, vai?? Um beijo enorme!!!!!

Matilda Penna disse...

São lindos os ovos de Fabergé, tantos detalhes, verdadeiros bordados em forma de jóias, tão delicados, são para se ficar um tempão só olhando, apreciando o belo.
Beijos, :).

Jonas Prochownik disse...

Luciana, que tal viajar a S.Petersburgo e ganhar um ovo de Faberge por la numa rifa. Seria bom, nao acha? Beijos do teu amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Matilda, realmente Faberge foi um genio da ourivesaria. Bjs. do teu amigo Jonas.

Anônimo disse...

Jonas,
post sensacional. Adorei conhecer os ovos de Faberge ... temos muito pouco contato com a cultura russa não é? Eu ouvia falar de Faberge e da tradição dos ovos mas essas fotos ficaram belíssimas no "Arte Moderna".
Beijos!

Jonas Prochownik disse...

Eugenia, obrigado pelo elogio e pela visita. Otima semana pra vc. com bjs. do Jonas.

Angela Ursa disse...

Jonas, são de tirar o fôlego esses ovos! Que trabalho artístico maravilhoso!! Beijo da Ursa :))

Janaina Staciarini disse...

Eu sou apaixonada por estes ovos, Jonas. São tão ricos, tão lindos... Beijos. Desculpe o sumiço.

Jonas Prochownik disse...

Ursa, minha amiga, que bom receber vc. Um beijo e boa semana pra vc. do Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Janaina, vc. sera sempre bemvinda aqui. Beijos do teu amigo Jonas.

Tom, um ser diferente... disse...

Amigo Jonas,
Sou APAIXONADO por estes ovos.
São muito lindos.
Abraços,
Tom

Anônimo disse...

Tom, que bom que vc. gostou.Tudo de bom e otima semana do amigo Jonas.

Jonas Prochownik disse...

Tom, o anonimo sou eu.

Cássia disse...

Jonas, e não é que acabei me dando conta que é Camile Claudel?!
Sei não! Acho que tava com a turma do Asterix na cabeça... Claudeaux! rsrsrsrsrsrsrs
Só rindo mesmo!
A exposição com as peças dela ainda está aqui. Tenho visto pela tevê. Achei interessante a tonalidade do bronze... Escuro! Já tô pra lá de curiosa.
Ah! Sim. Você iria adorar. No escritório da nossa advogada há peças lindas em telas. E fotos antigas da nossa terra. Uma paixão!

Jonas Prochownik disse...

Cassia, tambem gosto muito das esculturas da Camile Claudel. Obrigado pela visita e otimo fim de semana pra vc do Jonas.

Saramar disse...

Ai, ai!

Que época maravilhosa!
Hoje só o descartável e deselegante impera.

Os ovos Fabergé sempre me lembram grandes romances, de grandes autores.

Maravilhosos!

beijos

Jonas Prochownik disse...

Saramar, tem toda razao. Tudo e descartavel. Beijos e bom domingo pra vc. do Jonas.

Dani disse...

Peças maravilhosas.

O que me impressiona é o capricho, o esmero com que foram produzidas.
Uma peça destas é para sempre, principalmente pelo seu valor como obra de arte - que, para mim, vem antes do seu valor como jóia.

Muitos abraços, Jonas. :-)

Jonas Prochownik disse...

Dani, um forte abraço e obrigado pela visita. Jonas.

Anônimo disse...

cada vez que vejo estas jóias fico imprecionado,com tanta riqueza de detalhes.é como ver um quadro de picasso,monet etc... é algo ao meu ver com valor imcalculavel.

Hemanoelle Teodoro disse...

Muito interessante está História, ganhei uma réplica de presente nesta Pascoa, de cristal. . Achei linda e emocionante.

aluizio disse...

bom gente como sou poeta,fiz um paralelo com os ovos de fabergé,estou compondo uma poesia para cada ano de minha amada.serão 45 !acho que ela vai adorar.

aluizio disse...

bom gente como sou poeta,fiz um paralelo com os ovos de fabergé,estou compondo uma poesia para cada ano de minha amada.serão 45 !acho que ela vai adorar.

Madalena Moretti disse...

Tenho 4 ovos fabergé, branco, azul, verde e vermelho,guardo-os numa cristaleira com o maior carinho.

Anônimo disse...

é imprecionante a capacidade de criatividade do ser humano fabergé é um exemplo claro imagine todos os seres voltar toda essa sabedoria em prol da paz mundial.